「ために」VS「ように」

Hoje vamos falar de uma diferença com nuances muito sutis (que novidade…), mas simples de entender. Trata-se do par ために e ように, ambos usados após verbos para indicar algo como “a fim de”, ou seja, o objetivo.

Vejamos alguns exemplos que ilustram os usos:

新しいパソコンを 買うために、アルバイトを しています。
(Estou trabalhando para comprar um computador novo)

ピアノが 弾けるように練習しています。
(Estou treinando para poder tocar piano)

Antes de falar das diferenças, vamos às semelhanças. Nos dois casos, as expressões ように e ために se traduzem bem como “para”, indicando basicamente que a ação realizada na segunda metade da frase tem como objetivo a primeira metade da frase.

Outra semelhança é a construção. Nos dois casos, antes de ように ou ために, temos sempre um verbo no 辞書形 (ou seja, 買う, する, 行く, 食べる), podendo também vir no 否定形 (ou seja, 買わない, しない, 行かない, 食べない).

Agora sim vamos às diferenças. O grande X da questão está no tipo de verbo que vem antes de ように e de ために. Quando falamos de ために, temos claramente um objetivo que será cumprido conscientemente, com um verbo de ação voluntária, pensada, ativa. No exemplo de 新しいパソコンを 買うために、アルバイトを しています, a pessoa que está trabalhando irá, ela mesma, conscientemente, de forma voluntária e espontânea, comprar o computador.

Quando usamos ように, não estamos exatamente pensando num objetivo que será conscientemente, ativamente realizado. Em vez de pensá-lo como “fazer X para fazer Y”, pense que o objetivo é “fazer X para criar uma circunstância favorável para que Y aconteça”. Os verbos não são conscientes, espontâneos, ativos. Eles indicam geralmente acontecimentos involuntários, ou não controláveis. No exemplo ピアノが 弾けるように練習しています, o treino é feito para criar uma circunstância favorável para que a pessoa passe a tocar piano bem. “Poder tocar piano” não é uma ação perfeitamente voluntária como é “comprar”. Você pode simplesmente sacar 3 mil reais do bolso e decidir “vou comprar esse computador agora”, mas não tem como você de repente decidir voluntariamente “agora eu posso tocar piano”. Não, mas você pode fazer outras coisas favoráveis para que essa mudança de estado aconteça dentro de você.

Exatamente por esse motivo, é muito comum que, antes de ように, haja verbos de estado ou de coisas que não tenhamos muito como controlar, tais como 分かる, なる, 治る ou できる. Isso inclui todos os verbos no 可能形 (como 見える, 聞こえる, のめる) e 受身 (como 取られる, 読まれる, 切られる).

Vejamos outros exemplos. Pense no que já dissemos sobre ように e ために enquanto analisa cada uma.

 病気が 治るために、一日中 寝ています
(Estou dormindo/deitado o dia inteiro para que a doença sare.)

みんなに 説明するために、パワーポイントの 発表を 作りました
(Fiz uma apresentação no power point para explicar para todos)

Na primeira delas, 病気が 治るために, a doença cura sozinha, é algo involuntário, portanto não pode ser ために, e sim ように. A pessoa fica deitada para criar a condição favorável para que a doença se cure. No segundo exemplo, みんなに 説明するために, a ação de explicar para todos é voluntária, consciente, então usamos ために.

Acho que isso ficou claro. Só mais um detalhe sobre isso: é possível que um verbo seja interpretado ora como voluntário, ora como involuntário. O contexto e a intenção da frase é que vão dizer como ele será interpretado. Tomemos como exemplo o verbo 忘れる. Ele pode ser entendido como voluntário em frases como なことを 忘れましょう (Vamos esquecer as coisas ruins), mas involuntário na frase 返事出すのを うっかり 忘れていた (Acabei esquecendo de dar uma resposta). Isso pode definir o uso de ように e ために. Veja nos exemplos abaixo, ambos usando o verbo 慣れる:

日本の 生活に 慣れるために、日本人の に 下宿します。
(Vou me hospedar na casa de um japonês para me acostumar com o tipo de vida do Japão)

日本の 生活に 慣れるように、日本人の に 下宿します。
(Vou me hospedar na casa de um japonês para me acostumar com o tipo de vida do Japão)

As nuances das duas frases são diferentes, apesar do sentido geral ser o mesmo (a tradução ficou igual também, hehe). Na primeira delas, a ação de “acostumar-se com a vida no Japão” é tida como voluntária, ou seja, a pessoa quer se acostumar com essa vida e está fazendo um esforço para isso. Na frase de baixo, com ように, o sentido de acostumar-se é passivo, involuntário, acontece de forma natural e não pensada. É como se a pessoa quisesse se hospedar na casa de um japonês e deixasse as coisas fluírem naturalmente, sem esforço… em algum momento ele vai acabar se acostumando. Notam a diferença?

Pois bem, após essa grande explicação mais detalhada, vamos a alguns fatos mais rápidos sobre esse par ように e ために:

  • O sujeito das duas frases unidas com ために é quase sempre o mesmo (alguns dizem que SEMPRE deve ser); com ように, os sujeitos podem ser o mesmo ou não;
  • Existem usos de ように e ために sem verbos, com substantivos antes, mas os significados são ligeiramente diferentes (principalmente com ように);
  • Existe 漢字 para cada um deles, mas eles quase nunca são usados; para ように, temos 様に, e o de ために é 為に (esse eu já vi com mais frequência); escreva-os sempre em ひらがな (não sou em quem diz, é o governo japonês).

Pois bem, o assunto em si não é difícil de entender. Na verdade, é mais fácil do que parece. O problema está em pensar nessas coisas enquanto falamos. Como não temos isso em português, nossa cabeça não está programada para pensar nesses detalhes no momento de falar. Enfim, se serve de consolo, alguns japoneses também erram isso (não é tão comum, mas acontece). Com o tempo, o uso fica mais natural e espontâneo.

Anúncios

2 comentários em “「ために」VS「ように」

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s