「に」VS「で」

Vamos a outra dúvida comum aos estudantes de japonês. Qual partícula devo usar para dizer “em algum lugar”? Bom, depende! Pode ser 「に」 ou 「で」, depende do que está acontecendo!

Na verdade essa questão é mais simples do que imaginamos. Os japoneses veem diferença entre “lugar em que algo existe“/”lugar alvo da ação” e “lugar onde se faz uma ação“. Só porque em português não fazemos diferença, isso não quer dizer que eles também não fazem.

Pois bem, quando o lugar descreve “lugar de existência” ou o “lugar alvo“, usamos 「に」. Alguns exemplos:

部屋に います。(Está no quarto)

に ぺんが あります。(Tem uma caneta no chão)

ベッド 寝る。(Deitar na cama)

O lugar em questão é o destino final da ação, não é apenas o lugar onde a pessoa está fazendo algo.

joshi_ni

Por outro lado, se uma ação ocorre em determinado lugar, esse tal lugar é marcado com 「で」.

部屋で 寝る。(Dormir no quarto)

は ブラジルで 働いています。(Estou trabalhando no Brasil)

O lugar marcado com で é meramente um detalhe a mais, uma circunstância da ação que está sendo explicada (no caso, o lugar). Ou seja, “estou fazendo a ação… aliás, eu estou fazendo isso nesse lugar aqui, viu.”

joshi_de

Tenhamos cuidado com uma coisa: alguns verbos pedem essa ou aquela partícula especificamente, por vezes de maneira irregular.  Bom, nesse caso não tem jeito, temos que aprender na marra o conjunto verbo + partícula. É o caso de 住む, que sempre pede a partícula 「に」(o que faz sentido, pois se você mora em tal lugar, você existe nele; ou podemos pensar que morar tem um alvo, no caso, o lugar onde se mora). Enfim, vamos a um tira-teima que pode ajudar muitos a tirar essa dúvida para sempre. Na frase “Eu plantei uma flor no jardim”, que partícula eu deveria usar? Qual das frases abaixo está certa?

 を 植えました

 を 植えました

Bom, depende do que você quer dizer. Na primeira, com a partícula 「」, a flor foi plantada em alguma porção de terra do próprio jardim, passando a existir ali. Se eu disser「」, eu fiz a ação de plantar no jardim, mas posso ter plantado a flor em um vaso e depois levado para outro lugar. Leia novamente as duas frases e sinta essa bela diferença de nuances que só o japonês pode dar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s